Nova, em um Novo Reino....

quinta-feira, 30 de setembro de 2010 9 comentários
Vinda de outro reino
Vim hoje aqui
Dividir as palavras
Que vem de dentro de mim
Expresso minha alegria
Expresso minha felicidade
Que hoje é o dia
De trazer um pouco de prosperidade
Apenas aprendiz
De um pequeno talento
Trago vida ao que escrevo
Para que outros fiquem atentos
Bom estar aqui
E poder compartilhar
Apenas mais um poema
Vim presentear
Obrigado por acreditar
Obrigado por dividir
Porque em breve
Novamente estarei aqui

Para onde ir ?

quarta-feira, 29 de setembro de 2010 12 comentários
Para onde ir ?

Em uma trajetória pela vida, muitos alimentam caminhos de sonhos, onde nada pode dar errado, e a luz sempre deve estar presente.
Inúmeras são as ações para alcançar os resultados mais satisfatórios e primordiais a nossa existência.

Quando nos deparamos com fronteiras, barreiras e obstáculos, pensamos em qual ação tomar e muitas não dignificam nossos atos, mas sem ao menos nos importamos seguimos em frente deixando para traz o "passado", e nem desejamos nos lembrar daquilo que se foi.
Projetos de vida são formulados a fim de conseguir a satisfação pessoal ou mesmo o sucesso, muitos enveredam por caminhos brilhantes, outros, apenas se martirizam por não ter o conhecimento e o dom necessário para a conquista do "glamour".
Sem perceber, pessoas passam e tentam nos mostrar os equívocos, os erros, os obstáculos, mas, em busca do "burro na sombra", passamos por cima e nem ao menos deixamos um muito obrigado para simplesmente seguir em frente.

Diante de tantas dificuldades duas razões para o insucesso estão presentes e não percebemos, chamarei as duas de orgulho e imprudência.
O orgulho nos cega, não nos deixa discenir naquilo que de fato pode ser principal para um caminho de paz e sabedoria.
A imprudência muitas vezes nos leva a cometer atitudes reprováveis e nos dá a certeza da confiança que nem sempre esta presente.

Quando acordamos o tempo já se foi, os amigos partiram, e a família esta fragmentada, assim, percebemos quanto tempo gasto de maneira desnecessária, sem fundamentos, sem esperança.
Concertar o mundo é ilusão, amenizar o sofrimento talvez possamos, ser cordial é importante, reconheça as pessoas que estão a seu lado, valorize sua família, ouça a sabedoria de seus pais, procure estender as mãos a quem necessita, faça a diferença na vida de alguém.
Ao reformularmos nossos passos, certamente o sucesso e o glamour estarão presentes, e o importante, não precisaremos machucar quem quer que seja.

Mad

VOZ DO CORAÇÃO

terça-feira, 28 de setembro de 2010 7 comentários



Mesmo ainda somente em sonhos,
JUNTOS ESTAMOS
e a Estrela um dia alcançaremos,
se nos mantivermos assim...
lado a lado...
fiéis aos sonhos que tivemos!

 Sinto Tuas mãos me abraçando...
Sente meu coração Te aquecendo...
Em uma só Alma,
ao tempo e à própria morte,
em Amor,
nós dois venceremos!

Basta que me deixes ficar
para Tuas tristezas consolar!
E, através de uma brisa,
Tua face acariciar!

E quando a Noite Amiga vier
e nossas Estrelas apresentar,
fecha Teus olhos e vem...
vem nessa hora me buscar!

Não temas esta era,
mesmo que a Vida seja Fera!
Lembra-te Sempre, meu Amor,
a Eternidade inteira nos espera!

Poema de Della Coelho
Imagem: google.com

Dormiremos juntos

3 comentários
Dormiremos juntos durante o tempo que me quiseres
Serei por toda a madrugada o guardião de teu sono
Quando o vento da madrugada bater na janela
Não se preocupe, eu lhe contarei meus sonhos
E você continuará adormecida
Quando dormires, serei o rio
Que lhe sussura profundas canções
Quando estiver dormindo
Abraça-me e eu adormecerei contigo
Durante a noite e por toda madrugada
Seremos cúmplices e amantes
Nossos desejos não cabem num só corpo
Teremos que estar abraçados para sacia-lo
A quem diga que nosso amor é de perdição
Mas isso não importa
Durante a noite
Nosso amor cavalga em unicórnios
Atravessaremos colinas verdejantes
No amanhecer retornaremos em nosso  cavalo alado
O dia nos espera com sua essência de sândalo.
Vamos cavalgar eternamente
Juntos.

"O Sabor de um Beijo!..."

segunda-feira, 27 de setembro de 2010 8 comentários
http://saladosescritores.blogspot.com
E beijo tem sabor???
... Tem!!!!!!!
Mas não é o doce sabor das balas ou chicletes...
é o doce sabor da emoção!
Os beijos podem nos trazer inúmeras emoções, que se transformam em sabores que a nossa mente registra e nunca mais esquece. A memória do beijo funciona quase igual a nossa memória olfativa; quem nunca sentiu um cheiro, um perfume e lembrou-se de algo ou de alguém?
Cada beijo é único!!!
...tem beijo de aproximação: é aquele que é dado devagar, com um pouco de receio de não ser aceito, você sente a maciez e o calor dos lábios, e seu coração se aquece e a sensação é de aconchego e você quer mais...
...beijo de desejo: é o que você recebe e sente que vem do fundo do âmago, você se dá por inteiro e se rende...
... beijo de adoração: é aquele que recebe entre abraços, seu rosto é aconchegado pelas mãos, seus lábios são beijados de leve, ele vem acompanhado de olhares, pequenos beijinhos pela face, olhos e é carregado de emoção!
...beijo de prazer: é um beijo firme mas ao mesmo tempo suave, devagar e demorado, você saboreia os lábios a língua, explora todos os côncavos da boca e todas as possibilidades; sente o calor e o sabor dos hormônios sendo liberados através da sua corrente sanguínea, através da saliva; geralmente é doce e quente. é o doce beijo depois do prazer...
...beijo de saudade: é aquele que ficou guardado e você tem a oportunidade de dar, ele tem todos os outros beijos, além de aquecer a alma e o coração, e lhe traz uma felicidade tão grande que as vezes você acha que não vai suportar.
... beijo de despedida: este é o pior de todos os sabores de beijo, pois ele é amargo, traz tristeza e lágrimas e dificilmente você esquece...

Quando Somos Mais do Que Simples Amigos!

23 comentários
Viver nos torna dependentes de uma forma ou outra a tudo e a todos que nos cercam. Interagimos e assim criamos relações que nos ensinam, que somam experiências e que engrandecem a nossa pequena riqueza pessoal. Somos um mundo e um universo contidos dentro de nosso íntimo.
Partilhar as nossas conquistas diárias e, em alguns casos, as derrotas que sofremos, nos aproxima daquilo que chamamos de humildade. Em alguns momentos, apressados, caminhamos sem olhar para os lados e muitas vezes não nos damos conta do quanto poderíamos aprender com as pessoas que passam por nós. Somos assim, egoístas em nossa dor e displicentes com a dor dos outros. Se pudéssemos perceber o quanto a troca de experiências soma de maneira positiva, certamente observaríamos com mais cautela ao mundo que nos cerca.
Por razões particulares elegemos nossos amigos e muitas vezes restringimos esse círculo com uma proteção simbiótica! Criamos mecanismos de defesas para combater qualquer outra pessoa que não se enquadre ao perfil e que tente entrar nesse círculo! Demarcamos territórios, estabelecemos fronteiras e perdemos oportunidades!
As pessoas são diferentes e aí está todo o encanto! São essas diferenças que nos complementam e nos ensinam novas formas de enxergar a vida. Ser amigo não está apenas no título (honorífico) que damos àqueles que são especiais! Ser amigo é mais do que uma conquista. É poder fazer parte da vida de outrem e contribuir ao crescimento.  Crescimento humano e espiritual. E essa troca jamais será possível se não pudermos ampliar o horizonte de ser e ter amigos!
O mundo é redondo. Uma linda bola azul, girando num espaço infinito. Do alto parece pequeno e daqui, diante de nossos olhos, imenso. Um giro de 360 graus e estaremos exatamente onde começamos. Podemos ser parte da enorme e linda bola azul... Apenas isso! Mas se abrirmos o nosso círculo, integraremos histórias e pessoas e aí o que nos parecia somente grandeza, se torna imensidão. E somos imensos em sentimentos! Seremos mais do que amigos quando permitirmos que outras pessoas contribuam com suas histórias e nos passem suas experiências. Seremos mais do que amigos quando tivermos o reconhecimento de que não nos fazemos sós, por mais que a vida exija independência. Se para ser mais amiga eu precisar decretar “Independência ou Morte”, já terei sepultado a rica oportunidade do ser.
Somos mais do que simples amigos porque nos solidarizamos na corrente divina que é a vida. Porque nos aproximamos dos outros e os recebemos de coração aberto, confiando que nesta relação poderemos não apenas ser mais do que simples amigos... Poderemos ser pessoas melhores, vivendo em um imenso mundo azul, redondo, bonito e infinito.
Jackie Freitas

*Imagem retirada do site Ciranda Brasil

Blog Sala dos amigos escritores

7 comentários
Meus amigos, este blog foi criado a partir de uma ideia da Jackie quando fez a semana dos escritores, na época nos conversamos sobre uma forma de dar prosseguimento a sua iniciativa, achei que criando este blog ele poderia dar continuidade. Hoje ele já caminha sozinho e não é só meu, é nosso todos são administradores, pra mim é uma forma ideal de convivência.
Sem consultar aos membros do blog, estou publicamente convidando a todos os amigos para que participem desta iniciativa, e aqueles que já participam que convidem os amigos(as) para juntar-se a nós.
Vou citar alguns, é claro que não é possível relacionar todos, mas aqui de forma pública faço meu convite, na certa vou esquecer de mencionar alguns, peço desculpas.

Atena, Radi, Luiz Pirollo, Assis, Marivan, Rosana, Maria Marçal, Drauzio, Sergio Marcondes, Edson Gil, Sandra Paula, Rosangela Ataíde,Victor (multiflora), Daniele, Marcelo Souza, Lison, Herval, Calebe, Dieguito, Juci, Principe, Regina, Sonia Regly, Kitmel,  Maria do Carmo, Mad, Vera,Estela Oriane, Samantha, Eninha, Leila, Wilma Lopes,  Marcos Molina, Edilene, Arte e Café. Este são alguns que me lembrei aqui nesta hora.

Eu sei que administrar um blog ja é dificil, mas se de 100 postagens cederem uma para o blog ja é suficiente,  em breve ele não sera mais blog e sim um site, com dominio próprio.

Agradeço de coração a Neuza, Valéria, Della, Clarice, Jackie ,Kassia e Simone.

 Bjo no coração.

O blog é de todos e para todos.

Obrigado.

Sala dos Amigos escritores.

Amanhã é pra depois

domingo, 26 de setembro de 2010 12 comentários

Amanhã posso ser o que não fui hoje...
Amanhã posso escolher um novo caminho...
Amanhã posso te encontrar no nosso lugar...
Amanhã posso te dar todos os cheiros e beijos....

Mas hoje, não me peça pra ser o que não sou...
Não me peça pra escolher outro caminho...
Não esconda nosso lugar....
Não me negue nossos cheiros e beijos...

Pois é no hoje que se faz o amanhã
E se amanhã posso ser tudo o que desejares
É porque no hoje me permitiu ser o que sempre desejei....

Valéria Braz

Por de fato te amar

1 comentários

quero eu, ora, dar-te um beijo.
um beijo que seja bem dado,
um beijo que seja molhado,
de deixar-te de pele suada,
e de por tua entranha umedecida.

Um beijo de deixar-te sem rumo, perdida.
e te sentires, assim, desejada.

saber-te, então, mais mulher,
aqui, pois, um homem te quer.

te quer não por simples querer...
te quer por querer de se dar...
te quer ...por amor,
te quer ...por amar,
te quer ...pelo simples fato de amar!
por de fato, simplesmente te amar!

CONTO DE FADAS

4 comentários

Eu trago-te nas mãos o esquecimento
Das horas más que tens vivido, Amor!
E para as tuas chagas o unguento
Com que sarei a minha própria dor.

Os meus gestos são ondas de Sorrento...
Trago no nome as letras duma flor...
Foi dos meus olhos garços que um pintor
Tirou a luz para pintar o vento....

Dou-te o que tenho: o astro que dormita,
O manto dos crepúsculos da tarde,
O sol que é de oiro, a onda que palpita.

Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!
-- Eu sou Aquela de quem tens saudades,
A princesa do conto : "Era uma vez..."

Florbela Espanca
Imagem: google.com

PRIMAVERA

quinta-feira, 23 de setembro de 2010 1 comentários

É Primavera agora, meu Amor !
O campo despe a veste de estamenha;
Não há árvore nenhuma que não tenha
O coração aberto, todo em flor !

Ah ! Deixa-te vagar, calmo, ao sabor
Da vida... não há bem que nos não venha
Dum mal que o nosso orgulho em vão desdenha !
Não há bem que não possa ser melhor !

Também despi meu triste burel pardo,
E agora cheiro a rosmaninho e a nardo
E ando agora tonta, à tua espera...

Pus rosas cor-de-rosa em meus cabelos ...
Parecem um rosal"! Vem desprendê-los !
Meu Amor, meu Amor, é Primavera ! ...

Florbela Espanca

Imagem: google.com

SER POETA

terça-feira, 21 de setembro de 2010 3 comentários
Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca

Só viver...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 12 comentários




Ontem

Caminhando sobre as plantas mortas sob o asfalto,
percebi que morto também está meu coração;
que todos os sentimentos foram em vão.
O ar da manhã de sol não existe mais.
A lua brilha à toa no coração da noite
e se encontra com o sol no desencontro da manhã.

Hoje

Descobri que nosso orgasmo
é tão belo quanto o nascer do sol em meio mar.
Que ser feliz é te buscar no fundo de minh'alma
e te fazer florir entre as meninas dos meus olhos.

Amanhã

Ficarão meus poemas mortos
no fundo dos meus sentimentos
que morreram por falta de amor.

Sempre

É uma dor que me enlouquece.
Um desejo de paz, uma esperança,
macia como sonho de criança.
Ser ignorante;
saber de tudo sem saber de nada;
poder brincar com o sol da manhã
e adormecer no colo da lua.
Amar sem medo,
correr sem medo,
viver sem medo.
Só viver...




Texto: Neusa Fiesta
Imagem: Cedida por J.B. Pires

Nosso caso

0 comentários
Roupas espalhadas pelo chão
Braços em abraços se perdem
Bocas sedentas que se buscam
Nosso corpo submerso em meus lençóis
Faço de nosso caso uma ilusão
Desejando e lhe descobrindo
Em teu corpo vou adentrando
Entro de diferentes maneiras
Danço nesse corpo suado
Messe momento me ofereço
Perco o juízo, perco o rumo
Guio-me pelo gosto de teu cheiro
Fera selvagem e maliciosa
Sinto-me nu, transparente
Sinto em mim as tempestades
Arrasto-me pelo seu corpo
Mão mais uso as palavras
Encontro-me em você
Eu não moro mais em mim.

Escreve-me

quinta-feira, 16 de setembro de 2010 3 comentários
Escreve-me! Ainda que seja só
Uma palavra, uma palavra apenas,
Suave como o teu nome e casta
Como um perfume casto d'açucenas!


Escreve-me!Há tanto,há tanto tempo
Que te não vejo, amor!Meu coração
Morreu já,e no mundo aos pobres mortos
Ninguém nega uma frase d'oração!


"Amo-te!"Cinco letras pequeninas,
Folhas leves e tenras de boninas,
Um poema d'amor e felicidade!


Não queres mandar-me esta palavra apenas?
Olha, manda então...brandas...serenas...
Cinco pétalas roxas de saudade...

Florbela Espanca

Sentimentos

quarta-feira, 15 de setembro de 2010 1 comentários
Inerte está meu corpo
Secas estão minhas lagrimas
Vazia se encontra minha mente
Desesperançada ficou a minha alma.

Por vezes estou só, absolutamente só
Sem ninguém para me fazer companhia
Quando também em vôos rasantes
Sinto-me como o destino me quer.

Ando por desertos terrestres
Sem ter sequer sinal de companhia
Luto contra a sina do meu destino
Vivo à cata de sentimentos quaisquer.

Procuro sentimentos esquecidos
Vivo na estrada para encontra-los
Pois através dos sentimentos puros
Aplacarei minha busca desnorteada.

Somente o amor acalma o fogo ardente
Que queima silenciosamente minha alma
Somente a paz daquelas velhas amizades
Poderão mudar o curso da minha existência.

 (Sonia Santos) 

Apenas me ame

segunda-feira, 13 de setembro de 2010 5 comentários
Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir. Não grite comigo, tenho o péssimo hábito de revidar.
Acordo pela manhã com ótimo humor mas ... permita que eu escove os dentes primeiro.
Toque muito em mim, principalmente nos cabelos e minta sobre minha nocauteante beleza.
Tenho vida própria, me faça sentir saudades, conte algumas coisas que me façam rir, mas não conte piadas e nem seja preconceituoso, não perca tempo, cultivando este tipo de herança de seus pais.
Viaje antes de me conhecer, sofra antes de mim para reconhecer-me um porto, um albergue da juventude. Eu saio em conta, você não gastará muito comigo. Acredite nas verdades que digo e também nas mentiras, elas serão raras e sempre por uma boa causa.
Respeite meu choro, me deixe sozinha, só volte quando eu chamar e, não me obedeça sempre que eu também gosto de ser contrariada. ( Então fique comigo quando eu chorar, combinado?).
Seja mais forte que eu e menos altruísta! Não se vista tão bem... gosto de camisa para fora da calça, gosto de braços, gosto de pernas e muito de pescoço.

Reverenciarei tudo em você que estiver a meu gosto: boca, cabelos, os pelos do peito e um joelho esfolado, você tem que se esfolar as vezes, mesmo na sua idade.
Leia, escolha seus próprios livros, releia-os. Odeie a vida doméstica e os agitos noturnos. Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, não de boate que isto é coisa de gente triste.
Não seja escravo da televisão, nem xiita contra. Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai.
Escolha um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o invente muitas vezes.

Me enlouqueça uma vez por mês mas, me faça uma louca boa, uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: loba, boba, rouca, boca ...
Goste de música e de sexo. goste de um esporte não muito banal.
Não invente de querer muitos filhos, me carregar pra a missa, apresentar sua familia... isso a gente vê depois ... se calhar ...
Deixa eu dirigir o seu carro, que você adora. Quero ver você nervoso, inquieto, olhe para outras mulheres, tenha amigos e digam muitas bobagens juntos.
Não me conte seus segredos ... me faça massagem nas costas. Não fume, beba, chore, eleja algumas contravenções. Me rapte!
Se nada disso funcionar ... experimente me amar!

Martha Medeiros
Obs. O título da postagem foi colocado por mim, pois o texto não possui um título!

A cobra e o vaga-lume

1 comentários
                  Na floresta, todos os animais temiam a cobra. Quando ela passava, os bichos se esquivavam para não aborrecê-la.
                 Um certo dia apareceu por aquelas bandas, um vaga-lume que, alegremente, fazia a festa na floresta, com seu brilho. Os animais faziam questão de prestigiar as aparições noturnas do vaga-lume, pois, enquanto olhavam para ele, esqueciam as preocupações de sobrevivência do dia seguinte. Só a cobra não estava gostando daquilo.
                Cada dia que passava, ela ficava mais irritada com o sucesso que o vaga-lume fazia entre os bichos e, por isso, resolveu que iria comê-lo. Arquitetou vários planos para pegar o vaga-lume e nada dava certo.
                O vaga-lume por sua vez, não entendia porque a cobra vivia querendo devorá-lo, pois, pequeno do jeito que era, nem ao menos servia como aperitivo.
                Mas, num fatídico dia, o vaga-lume fica frente a frente com a cobra, sem condições de escapar.                     Desesperado, antes de morrer, resolve indagá-la: "-Dona cobra, eu não lhe fiz mal algum. Não sirvo para alimento, pois sou bastante pequeno. Por que a senhora quer me comer?" A cobra olha fixamente para o vaga-lume e diz:       "-É que eu odeio ver você brilhar!".



Quantas pessoas passam em nossa vida querendo afuscar nosso brilho? E quantas vezes nos vimos a frente delas indefesas e sem entender o porque?
Que possamos brilhar sem nos incomodarmos com o brilho de outras....
E para aqueles que não conseguem viver vendo o briho dos outros:




"Se sua estrela não brilhe, não procure apagar o brilho da minha!"








Fonte: Histórias e Fábulas - Albigenor e Rose Militão

Seja Feliz

terça-feira, 7 de setembro de 2010 5 comentários
Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo.
Só você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.
Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.
Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.
Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, Incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma e agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.
Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.
É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”.
É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”.
Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz…
Que nas suas primaveras você seja amante da alegria.
Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria.
E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.
E descobrirá que…
Ser feliz não é ter uma vida perfeita.
Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para esculpir a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
Jamais desista de si mesmo!!!
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível.
E você é um ser humano especial !!!!!


Autor Desconhecido

HOJE ME DEI CONTA

quinta-feira, 2 de setembro de 2010 7 comentários
Hoje me dei conta de que as pessoas vivem a esperar por algo ...
E quando surge uma oportunidade,
Se dizem confusas e despreparadas ...
Sentem que não merecem
Que o tempo certo ainda não chegou.
E a vida passa ...
E os momentos se acumulam como papéis sobre uma mesa.
Estamos nos preparando para qualquer coisa mas,
Ainda não aprendemos a viver.
A arriscar por aquilo que queremos.
A sentir aquilo que sonhamos.
E assim adiamos nossas vidas por tempo indeterminado ...
Até que a vida se encarregue de decidir por nós mesmos
E percebemos o quanto perdemos e o tanto que poderíamos ter evitado.
Como somos tolos em nossos pensamentos limitados !
Em nossas emoções contidas !
Em nossas ações determinadas !
O ser humano se prende em si mesmo por medo e desconfiança.
Vive como coisa num mundo de coisas.
O tempo esperado é o agora.
Sua consciência lhe direciona,
Seus sentidos lhe alertam
E suas emoções não mais são desprezadas.
Antes que tudo acabe é preciso fazer iniciar ...
Mesmo com dor e sofrimento
Antes arriscar do que apenas sonhar .