É TARDE

quinta-feira, 21 de outubro de 2010


É tarde, escurece...
O Sol, o maravilhoso Sol, cansado
de mais um dia de trabalho, descansa,
refugiando-se atrás de uma montanha.

Não faz calor, não faz frio.
Temperatura amena e agradável.
Tudo é poesia, tudo é saudade...

Eu me recosto numa poltrona,
fecho os olhos,
e não sei se adormeço.

Não sei se a gente
adormece pensando
ou pensa dormindo.

O pensamento voa...
O pensamento vai longe...
Percorro a estrada do passado.

Esse passado que vive no presente,
Este presente,
que insiste em morar no passado.

O coração que não esquece,
aquele que me esqueceu;
o amor também fenece,
e aquele amor já morreu.

Eu, que fui outrora,
teu grande amor, tua vida;
hoje, sequer, para você existo:
teu peito achou nova guarida.

Abro os olhos, é noite fechada.
Penetro outra vez na realidade...
Em torno de mim, só saudade...

Sonhei?...Delirei?...Quem sabe?...
Não sei se a gente adormece pensando
Ou se pensa dormindo.





Texto: Neusa Fiesta
Imagem: Orange Sun by *Bambi-Claire 

11 comentários:

{ Pithan Pilchas } at: 21 de outubro de 2010 16:00 disse...

Buenas Neusa,

muito tri o poema....pois é, não sei se agente sonha acordado ou se o sonho parece realidade.

Bju

Paulo

{ Marcos Airosa } at: 21 de outubro de 2010 16:09 disse...

Lindo, Neuza, não poderia deixar de comentar, tudo que que escreves vem com sentimento. meus parabéns.Bjoss.

{ Senhor da Vida } at: 21 de outubro de 2010 16:46 disse...

De fato lindo, uma questao interessante, ja que o Sol busca as verdades da vida!

{ Clara } at: 21 de outubro de 2010 22:29 disse...

Oi minha querida amiga
Amei este poema... voce colocou em simples palavras o que um coração saudoso busca,
O sol, a paz...natureza do prazer...
o pensamento voa mesmo dormindo... ou acordado...
Te amo amiga !!!
bjs
Clara Bellaver

{ Dú Pirollo } at: 22 de outubro de 2010 04:00 disse...

Minha querida amiga Neusa, boa noite!!!
Que maravilhoso poema minha amiga, adorei!!!
Nós só descansamos o corpo, o cérebro vive eternamente, não para nem quando estamos dormindo, não sei se pensamento ou sonho, só sei que está sempre ligado.
Parabéns pelo excelente poema, adorei minha amiga!!!
Grande abraço e muita paz!!!

{ Yolanda Hollaender } at: 23 de outubro de 2010 16:39 disse...

Lindo, amiga Neusa.
Fico feliz em saber que você tem alma de poeta.
Quanto a mim, adormeço pensando, sempre!
Meu terno abraço,
Yolanda

{ Lauro Daniel } at: 23 de outubro de 2010 17:22 disse...

Olá, gostei muito do seu Blog, gostaria de fazer parceria, já coloquei seu Link no Mundo das Poesias e gostaria de pedir para que colocasse o Banner ou o Link do Mundo das Poesias em seu Blog.

Um Grande Abraço e Parabéns pelo Blog;
Lauro Daniel - Mundo das Poesias http://mundo-das-poesias.blogspot.com

{ Della } at: 19 de novembro de 2010 20:37 disse...

NEUSA, que poema MARAVILHOSO!!!!!!!

Meu Deus! Que imagem mais linda...mais triste e mais alma do que essa!

parabéns!!!!!!!!!!!!!! LINDO DEMAIS!Bjosssssss

{ Edison Gil } at: 20 de novembro de 2010 15:27 disse...

Fascinante!

{ Mino Pedroso } at: 30 de novembro de 2010 09:11 disse...

'Não sei se a gente
adormece pensando
ou pensa dormindo'.

Muito lindo parabéns!

{ Neusa Fiesta } at: 1 de outubro de 2011 21:39 disse...

A todos vocês, meus queridos amigos que comentaram, agradeço com todo o meu coração!

BEIJOSSSSSSS

Postar um comentário