Quando Somos Mais do Que Simples Amigos!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010
Viver nos torna dependentes de uma forma ou outra a tudo e a todos que nos cercam. Interagimos e assim criamos relações que nos ensinam, que somam experiências e que engrandecem a nossa pequena riqueza pessoal. Somos um mundo e um universo contidos dentro de nosso íntimo.
Partilhar as nossas conquistas diárias e, em alguns casos, as derrotas que sofremos, nos aproxima daquilo que chamamos de humildade. Em alguns momentos, apressados, caminhamos sem olhar para os lados e muitas vezes não nos damos conta do quanto poderíamos aprender com as pessoas que passam por nós. Somos assim, egoístas em nossa dor e displicentes com a dor dos outros. Se pudéssemos perceber o quanto a troca de experiências soma de maneira positiva, certamente observaríamos com mais cautela ao mundo que nos cerca.
Por razões particulares elegemos nossos amigos e muitas vezes restringimos esse círculo com uma proteção simbiótica! Criamos mecanismos de defesas para combater qualquer outra pessoa que não se enquadre ao perfil e que tente entrar nesse círculo! Demarcamos territórios, estabelecemos fronteiras e perdemos oportunidades!
As pessoas são diferentes e aí está todo o encanto! São essas diferenças que nos complementam e nos ensinam novas formas de enxergar a vida. Ser amigo não está apenas no título (honorífico) que damos àqueles que são especiais! Ser amigo é mais do que uma conquista. É poder fazer parte da vida de outrem e contribuir ao crescimento.  Crescimento humano e espiritual. E essa troca jamais será possível se não pudermos ampliar o horizonte de ser e ter amigos!
O mundo é redondo. Uma linda bola azul, girando num espaço infinito. Do alto parece pequeno e daqui, diante de nossos olhos, imenso. Um giro de 360 graus e estaremos exatamente onde começamos. Podemos ser parte da enorme e linda bola azul... Apenas isso! Mas se abrirmos o nosso círculo, integraremos histórias e pessoas e aí o que nos parecia somente grandeza, se torna imensidão. E somos imensos em sentimentos! Seremos mais do que amigos quando permitirmos que outras pessoas contribuam com suas histórias e nos passem suas experiências. Seremos mais do que amigos quando tivermos o reconhecimento de que não nos fazemos sós, por mais que a vida exija independência. Se para ser mais amiga eu precisar decretar “Independência ou Morte”, já terei sepultado a rica oportunidade do ser.
Somos mais do que simples amigos porque nos solidarizamos na corrente divina que é a vida. Porque nos aproximamos dos outros e os recebemos de coração aberto, confiando que nesta relação poderemos não apenas ser mais do que simples amigos... Poderemos ser pessoas melhores, vivendo em um imenso mundo azul, redondo, bonito e infinito.
Jackie Freitas

*Imagem retirada do site Ciranda Brasil

23 comentários:

{ Samanta } at: 27 de setembro de 2010 12:58 disse...

Jackie querida, como sempre nos brindando com suas sábias palavras !
Com o coração e a alma abertos à diversidade das pessoas, sem medo e sem preconceitos, absorvendo toda esta grandeza, seremos plenos, dignos e com certeza, pessoas muito melhores !
Adorei !
Um mega beijo e uma semana cheia de maravilhas para você !

{ Arte e Café } at: 27 de setembro de 2010 13:27 disse...

Querida Jackie
Quando temos esta humildade e sepultamos nosso orgulho, um mundo de infinitas possibilidades se abrem.
Assim entramos em sintonia com todo universo.
Precisamos nos despir de todo tipo de preconceito que nos cegam.
Para poder merecer mais do que uma simples amizade e ter uma verdadeira comunhão com o próximo.
Para quem estava em silêncio, acho que estrapolei demais aqui não é?
Suas iluminadas palavras alegraram o meu coração
Grande Beijo
Alba

{ joselito bortolotto } at: 27 de setembro de 2010 13:50 disse...

Grande Jackie, poeticamente falando esse seria um mundo perfeito, mas, infelizmente as coisas não são assim, até dentro do nosso menor(???) circulo de amizade (ou deveria ser)a nossa familia existem as desavenças, as diferenças, que na maioria das vezes os laços de sangue falam mais altos e tudo é mais ou menos acertado, mas isso não quer dizer que a amizade tenha falado mais alto. Sei lá, deve ser mais ou menos isso, ou não.

{ Dani Sans } at: 27 de setembro de 2010 13:51 disse...

Muito obrigada Jackie, por leitura tão agradável.
Gostei da frase que inicia o texto, ela fala muito da dependência que temos. " Eu não sou eu, nem sou o outro, mas eu sou qualquer coisa de intermédio, como um pilar dessa ponte de tédio que vai de mim ao outro."

bjos minha gata garota!

{ Della } at: 27 de setembro de 2010 13:53 disse...

Jackie, seu texto é simplesmente MARAVILHOSO!!! Nossa! Não há o que comentar, somente ler, absorver e aplicar!!!
Meus parabéns!!!!!!!!!!!

{ Kassya Mendonça } at: 27 de setembro de 2010 14:07 disse...

Lindo texto Jackie.

ter amigos é maravilhoso, e não somente os amigos reais...
adoro e considero todos os amigos que tenho reais ou virtuais, pois acho que voces são presentes que Deus me deu por algum motivo, com o tempo irei descobrindo, e isso os faz muito importantes em minha vida...

beijos!

{ Principe Encantado } at: 27 de setembro de 2010 16:05 disse...

Amiga Jackie, como me deliciei com este seu post, dizer ou comentar mais seria uma redundância face aos comentários já expostos aqui, mais fica aqui registrado que este é um post para ser e lido e relido e também indicado para outras pessoas.
Abraços forte

{ Valéria Braz } at: 27 de setembro de 2010 16:32 disse...

Jackei... o que falar da amizade além do que já descreveu??????
A amizade é a única forma de continuar caminhando amiga... sem amigos nossa trilha fica difícil de ser seguida, nossas mãos ficam fraca e nosso coração em completo silêncio....
Infelizmente nem todos sabem cultivar uma amizade!
Beijo no coração

{ BLOG DO PROFEX } at: 27 de setembro de 2010 17:28 disse...

Não havia adentrado a esta sala. E deparo-me com alguns amigos e seus textos maravilhosos. Estou seguindo o blog. Amigos que somos "nos solidarizamos na corrente divina que é a vida".
Parabéns Jackie pelo post de hoje!

{ Quebra Coco Surf } at: 27 de setembro de 2010 18:20 disse...

Jackie
Esse texto para ter saído assim tão singelo e perfeito, deve ter tido inspiraçao e das melhores. ahahaha
Olha, resumindo esse enigmático texto e ode a amizade verdadeira...Eu quero relembrar o que falei a você no dia do aniversário da sua mãe. lembra? Mas quem ganhou o presente fui eu, por ser atraves dela que você chegou até a mim. Sendo assim, seu nascimento já foi um presente.
bjs

:)

Mr Bola do Mar Esquecido

{ Senhor da Vida } at: 27 de setembro de 2010 18:32 disse...

Simplesmente divino! As veses tento passar isso a pessoas proximas que vejo tao, aquele nao quero na turma, esse nao combina, agora encontrei um meio bem objetivo.Excelente!Boa semana!

{ Dú Pirollo } at: 27 de setembro de 2010 18:47 disse...

Minha querida amiga Jackie, boa noite!!!
Que texto ímpar, maravilhoso, recheado de bons e sábios ensinamentos, adorei!!!
Estamos aqui neste mundo azul justamente para aprender a viver em harmonia com nossos irmãos, esta é a nossa grande tarefa... controlar o ego para que possamos viver como se fôssemos uma grande familia feliz. No decorrer da vida vamos adquirindo conhecimentos e transformando em sabedoria, vamos entendendo a nossa missão aqui nessa linda bola azul, girando num espaço infinito... com certeza, somos mais do que simples amigos, somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai misericordioso que procura e espera a nossa união em harmonia e paz.
Parabéns pelo excelente texto, adorei muito!!!
Beijos e muita paz em seu caminho!!!

{ Luciana Penteado } at: 27 de setembro de 2010 19:36 disse...

É verdade, Jackie, e são pessoas que selecionamos por uma série de afinidade que se encaixam ao nosso modo de ser e de sentir. Simplesmente elas aparecem e vão ficando por ali, companhias fortes e verdadeiras. Nem o tempo e a distância apagam isso.
Muito bom seu texto! Muito bom este blog!
Beijos!

{ Fatima Zanin } at: 27 de setembro de 2010 19:59 disse...

Lindo texto,há amizades que temos mais afinidades uma das outras,essa amizade especial são as que ficam para sempre.
Beijo.

{ Blog do JB PIRES } at: 27 de setembro de 2010 20:17 disse...

Jackie,somente o amor,carinho,respeito nos permite ser amigos pois a amizade é o alimento para alma e a porta da felicidade,se cada pessoa tivesse pelo menos 1% da Jackie no coração,há esse mundo não seria assim,cheio de pessoas que só pensam em si,só falam de si,e não são capazes de dar um simples abraço em outro ser humano,pessoas que desconhecem a palavra AMIZADE,

A ti sou grato pela sua amizade e carinho, meu Deus como tenho sorte!

Você sempre vai morar no meu coração!

Beijão

JB

{ Ricardo Roehe } at: 27 de setembro de 2010 20:22 disse...

Simplesmente Fantástico texto diz realmente tudo.
Sabe sou daquela opinião, tudo vem no momento certo.
E posso te dizer que amigos não se encontram por acaso,
aquela amizade verdadeira se perpetua.
Linda postagem, já me add neste lindo blog.
Parabéns!!!
bjs no coração.

{ Neusa Fiesta } at: 27 de setembro de 2010 23:10 disse...

Jackie, como seria bom que todos pudessem desatar do peito sua medalhas de honra...; sertir-se-iam normais como qualquer pessoa que tivesse a capacidade de se doar, de ser amigo. Ao mesmo tempo, como deve ser horrível alguém ter que reconhecer que não passa de um pobre solitário no fim de um corredor, e que está sozinho, porque amigos nunca soube conquistar... Sem amigos, nada somos! Parabéns querida amiga, e obrigada por compartilhar tão sábias reflexões e belas palavras. Um grande e carinhoso abraço

{ Marcos Airosa } at: 28 de setembro de 2010 14:06 disse...

Meu anjo preferido, cheguei atrasado, mas no momento certo não é ?? A cada postagem vc se supera, aqui, lá em qualquer lugar vc é grandiosa, interessante o aMMMMMor, beijos e obrigado pela sua postagem, o blog é seu também não é, cuide bem dele.

{ Jackie Freitas } at: 28 de setembro de 2010 14:42 disse...

Olá a todos os meus amigos queridos que me deram a honra e o prazer dos seus comentários!
Muito obrigada pelo carinho de todos. É assim: a bola redonda, imensa, azul e bonita...um círculo que abre se cada um ceder um canto em seu coração e permitir esse espaço à outra pessoa...De mãos dadas, unidos, podemos fazer essa ciranda girar. Quando éramos pequenos, brincávamos e quanto maior a roda, melhor, mais felizes ficávamos. O tempo passou, mas o sentido continua o mesmo... Vamos cirandar, meus amigos!
Grande beijo e muito amor para todos!
Jackie

{ Alvalea Palmeira } at: 28 de setembro de 2010 18:06 disse...

Oi Jackie. Boa tarde. olhe fiquei maravilhada com seus textos, tocou profundo em mim, porque prezo muito uma amizade , e tem amigos mais chegado que irmãos.Parabéns estou seguindo seu blog e gostaria de te fazer um convite visite o meu Salvos por meio da esperança, se gostar quem sabe me segue http://Alvaleap.blogspot.com. obrigada. Bjo. Tenha um bom começo de semana.

{ Marcia Pinho } at: 29 de setembro de 2010 22:43 disse...

Jackie, mulher! Vc está certissima! Somos mais que amigos nesse mundo! Somos todos partes de um todo! Se somos feitos da mesma matéria, temos o mesmo destino, somos todos cumplices!
Como sempre vc arrasa! Bjocas e bitocas para vc!

{ BLOG DO PROFEX } at: 3 de outubro de 2010 11:57 disse...

"Mas se abrirmos o nosso círculo, integraremos histórias e pessoas e aí o que nos parecia somente grandeza, se torna imensidão..."
Aqui foi dito!
Grande Abraço, Jackie!

{ B.B. Amor mais forte que a própria morte... } at: 21 de outubro de 2010 14:08 disse...

Amiga Jackie que linda definição do que se diz ter mais do que amigos, ter verdadeiros irmãos. É curioso perceber que alguns vínculos parecem ser formados por dívida, como se aguém devesse alguma coisa a outro, ou se não existisse mais o elo do compromisso selado pela imensa gratidão de compartilhar a caminhada. Fui enfática, certa vez, ao me pronunciar a um amigo que desejava receber atenção de um grupo, e não conseguiria se não aparentasse ser o que eles consideravam para se tornar participante; de que se eles não o aceitavam pelo que ele é, talvez fosse a oportunidade que a vida lhe dava de procurar outros e melhores amigos. Eu respeito que dependa claramente de vivenciar um sentimento intenso com determinada pessoa ou determinado grupo, ainda que no fundo não seja aceita. Mas como sempre digo é preciso estar aberto para conhecer novas pessoas e viver novas experiências. Aberto para a vida que se respira todos os dias enquanto podemos acordar. E assim como você nos diz: "Mas se abrirmos o nosso círculo, integraremos histórias e pessoas e aí o que nos parecia somente grandeza, se torna imensidão."

Parabéns amiga. Beijos, B.B.

Postar um comentário