Dormiremos juntos

terça-feira, 28 de setembro de 2010
Dormiremos juntos durante o tempo que me quiseres
Serei por toda a madrugada o guardião de teu sono
Quando o vento da madrugada bater na janela
Não se preocupe, eu lhe contarei meus sonhos
E você continuará adormecida
Quando dormires, serei o rio
Que lhe sussura profundas canções
Quando estiver dormindo
Abraça-me e eu adormecerei contigo
Durante a noite e por toda madrugada
Seremos cúmplices e amantes
Nossos desejos não cabem num só corpo
Teremos que estar abraçados para sacia-lo
A quem diga que nosso amor é de perdição
Mas isso não importa
Durante a noite
Nosso amor cavalga em unicórnios
Atravessaremos colinas verdejantes
No amanhecer retornaremos em nosso  cavalo alado
O dia nos espera com sua essência de sândalo.
Vamos cavalgar eternamente
Juntos.

3 comentários:

{ Senhor da Vida } at: 28 de setembro de 2010 16:05 disse...

To vendo que os blogs hoje em coro falam de Amor, que Deus abençoe a todos que amam e que se abrem ao amor, belo texto!

{ Della } at: 28 de setembro de 2010 18:54 disse...

Este poema simplesmente conseguiu colocar em palavras este sentimento... esta certeza absurda... este AMOR sem início e sem fim... eterno...Saiba, Marcos Airosa,vc é MMMMMARAVILHOSO!!!!

{ Kassya Mendonça } at: 29 de setembro de 2010 09:56 disse...

Que bom que o amor esta no ar!
assim quem sabe as pessoas amem mais, se façam felizes nos amores...

bjus!

Postar um comentário